Carta aberta da ABRAPEC sobre o incêndio do Museu Nacional

A Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (ABRAPEC), encontra-se devastada pela tragédia do incêndio que destruiu o Museu Nacional e, com ele, todo o patrimônio histórico, antropológico e científico de valor incalculável que, guardados nesta instituição, esteve a serviço de todos os brasileiros, lembrando suas origens, reverenciando a memória de seus primeiros habitantes e registrando cientificamente todas as coleções de plantas e animais que compuseram e compõem nosso ambiente natural.
Repudiamos os cortes de verbas das universidades públicas que assolam nosso país e que, ao reduzir a cinzas o patrimônio nacional, evidenciam como o passado e o futuro de nossas gerações são negligenciados pelo atual governo. A destruição do Museu Nacional não foi obra de um acidente que se espalhou em chamas, mas resultado da desvalorização da ciência e da educação em nosso país. Esta perda é irreparável e mostra o descaso para com a educação, a ciência e a cultura neste Brasil. Prestamos assim, nossa total solidariedade à comunidade da UFRJ que vem, há anos, construindo esta instituição em condições materiais incompatíveis com sua grandeza, bem como à sua Reitoria que, como tantas outras universidades públicas, vem sendo covardemente atacada e acusada, secundarizando as responsabilidades de um governo que tenta encobrir as verdadeiras mazelas deste país.

A Diretoria