ESPERANCEMOS 2021

No centenário de Clarice Lispector, em 2020, reaprendemos com ela que “se deve viver apesar de”. Em 2021, teremos outro centenário, o de Paulo Freire, e como ele nos ensinou, é preciso “Esperançar”. Assim, apresar de todo esse cenário triste que estamos vivendo, vamos acreditar em um Ano-Novo mais feliz.

Que em 2021 as ciências, as vidas e a educação sejam mais fortes, mais valorizadas, mais insurgentes, mais nossas, mais potentes. ESPERANCEMOS!

Diretoria da Abrapec

Previous article

Next article

Nota de Pesar