ENPECs Anteriores

 

I ENPEC

O I ENPEC foi realizado em Águas de Lindóia, SP, de 27 a 29 de novembro de 1997. Este evento contou com a participação de 135 pesquisadores em Educação em Ciências e sua programação constou de quinze sessões de comunicações oral, onde foram apresentados 57 trabalhos de pesquisa, duas sessões de painéis com 71 trabalhos e três sessões de debates sobre a criação de uma associação de pesquisa em Educação em Ciências. Na assembléia final do evento, no dia 29 de novembro de 1997, foi criada a Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências – ABRAPEC. Acesse aqui as Atas do I ENPEC

II ENPEC

A ABRAPEC consolidou-se no II ENPEC , realizado em Valinhos, SP, de 1 a 4 de setembro de 1999, com a participação de 171 pesquisadores da área de Educação em Ciências. A programação deste evento contemplou duas conferências, uma palestra, 22 sessões de comunicação oral, nas quais foram apresentados 106 trabalhos de pesquisa, e uma sessão de painéis com 57 trabalhos. Foram também realizadas duas assembléias gerais da ABRAPEC, nas quais foi discutido e aprovado o estatuto da Associação. Acesse aqui as Atas do II ENPEC

III ENPEC

O III ENPEC ocorreu no Park Hotel Atibaia, no período de 7 a 10 de novembro de 2001, em Atibaia, SP. Este evento foi promovido pela Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (ABRAPEC) e contou com o apoio do CNPq. Assim como nos encontros anteriores, a organização deu ênfase à apresentação e discussão de trabalhos de pesquisa em Educação em Ciências. Foi registrada a participação de 234 pesquisadores. Todos os participantes foram autores ou co-autores dos trabalhos apresentados no evento. A programação constou, principalmente, de apresentações de trabalhos de pesquisa em formato de comunicação oral (124) e painel (109) e  incluiu também três conferências, uma mesa redonda e discussões em grupos de interesse. Acesse aqui as Atas do III ENPEC

IV ENPEC

O IV ENPEC foi realizado no Hotel Obeid Plaza, na cidade de Bauru, SP, no período de 25 a 29 de novembro de 2003. O evento foi promovido pela Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (ABRAPEC) e contou com o apoio do CNPq, da FUNDUNESP e da UNESP/BAURU. Teve, basicamente, o mesmo formato dos três primeiros; foi dada ênfase à apresentação e discussão de trabalhos de pesquisa em Educação em Ciências e a participação foi condicionada à apresentação de trabalhos de pesquisa, ou seja, que pudessem resultar em produção de conhecimento na área. Os trabalhos foram individuais ou em colaboração, inéditos ou reapresentações, tendo sido comunicados na forma oral ou em painel. Não foram aceitos trabalhos que já haviam sido publicados em periódicos. Cerca de 500 trabalhos foram submetidos à apreciação do corpo de pareceristas do evento; destes, 259 foram aceitos para apresentação na forma de pôster, 192 foram selecionados para as sessões de comunicação oral; os demais, não foram aceitos. Os critérios utilizados para avaliação dos trabalhos foram fixados pela comissão organizadora após ampla consulta ao corpo de pareceristas, constituído de mestres e doutores na área. Registrou-se a participação de 553 pesquisadores, todos autores e/ou co-autores de trabalhos apresentados no evento. O encontro contou com mesas-redondas, conferências, mini-cursos, palestras, sessões de comunicação oral, sessão de pôsteres e grupos de discussões. Houve uma sessão de lançamentos de livros, na qual foram lançadas sete obras de pesquisadores da área. Acesse aqui as Atas do IV ENPEC 

V ENPEC

O V ENPEC foi realizado no Hotel Obeid Plaza, na cidade de Bauru, SP, no período de 28 de novembro a 3 de dezembro de 2005. Este evento foi promovido pela Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (ABRAPEC) e contou com o apoio do CNPq, CAPES, da FUNDUNESP, da UNESP/BAURU e da FAPEMIG. Teve, basicamente, o mesmo formato dos quatro primeiros encontros, com ênfase na apresentação e discussão de trabalhos de pesquisa em Educação em Ciências. Novamente a participação foi condicionada à apresentação de trabalhos. Foram submetidos 834 trabalhos à apreciação do corpo de pareceristas do evento e 739 foram aceitos para apresentação. Destes, 378 foram aceitos para apresentação na forma de comunicação oral e 360 para apresentação na forma de pôster. Esses trabalhos foram distribuídos em 95 sessões de comunicação oral e doze sessões de painéis. Os critérios utilizados para avaliação dos trabalhos foram fixados pela comissão organizadora, após ampla consulta ao comitê científico e ao corpo de pareceristas. Registrou-se a participação de 945 pesquisadores incluindo professores e estudantes de doutorado, mestrado e iniciação científica, todos autores/ou co-autores de trabalhados apresentados no evento. O evento contou ainda com mesas-redondas, conferências, sessões de comunicação oral e sessões de pôsteres. No V ENPEC foi realizada, ainda, a Primeira Escola de Formação de Pesquisadores em Educação em Ciências, da ABRAPEC, na qual foram ministrados prioritariamente para estudantes de mestrado e doutorado na área de Educação em Ciências, dez cursos de dezesseis horas cada. Foi também a primeira vez que os grupos de trabalho da ABRAPEC, agora em número de dez, realizaram atividades sistemáticas durante o ENPEC. Acesse aqui as Atas do V ENPEC

VI ENPEC

O VI ENPEC, realizado entre os dias 26 de novembro e 2 de dezembro de 2007 no Centro de Convenções da UFSC em Florianópolis, consolidou a dimensão do V ENPEC em número de trabalhos aceitos e apresentados em comunicações orais e painéis, embora tenha tido maior número de trabalhos inscritos. No VI ENPEC foram submetidos 958 trabalhos, sendo 617 como comunicação oral e 341 como pôster. Foram aceitos e apresentados 405 comunicações orais e 264 pôsteres, agrupados em 70 sessões de comunicação oral e doze sessões de pôsteres. Nos cinco dias do evento foram apresentadas ainda duas conferências plenárias e nove mesas-redondas sobre temas variados de pesquisa na área e com participação de vários pesquisadores de renome internacional brasileiros, latino-americanos e europeus. Durante o evento realizamos a II Escola de Formação de Pesquisadores em Educação em Ciências, com a oferta de nove mini-cursos, cada um com oito horas de duração. A grande novidade do VI ENPEC em relação aos anteriores foi, então, o maior rigor na arbitragem, o que repercutiu na qualidade dos trabalhos apresentados no evento. Esse rigor e qualidade são decorrentes da maturidade da área de Educação em Ciências que vem se consolidando não apenas em termos quantitativos, com a expansão dos programas de pós-graduação em Ensino de Ciências e Matemática, mas também em termos qualitativos, com o aprofundamento de temáticas e metodologias de pesquisa e a introdução de novas linhas de investigação em sintonia com os desafios colocados à educação em ciências no Brasil. Acesse aqui as Atas do VI ENPEC

VII ENPEC

O VII ENPEC foi realizado entre os dias 8 e 13 de novembro de 2009 no Centro de Convenções da UFSC, em Florianópolis. As atas do evento  trazem os textos completos apresentados nas diversas sessões de comunicação oral e de painéis, os textos de algumas mesas redondas e os resumos das conferências plenárias e do restante das mesas redondas. Esses textos podem ser acessados a partir das respectivas sessões ou do nome de seus autores. O leitor notará que a mudança de escala do evento, observada desde o V ENPEC em função de um grande aumento no número de trabalhos, manteve-se neste VII ENPEC. Nos cinco dias do evento foram apresentados 723 trabalhos, sendo 382 comunicações orais, divididas em 80 sessões coordenadas e 341 painéis divididos em quinze sessões. Esses trabalhos foram selecionados por 264 avaliadores, que analisaram 1140 trabalhos submetidos. Com um trabalho rigoroso de arbitragem, esses árbitros recusaram 342 trabalhos e aceitaram 799, divididos em 425 comunicações orais e 374 pôsteres. Este número é maior do que consta nas atas do evento dado que são publicados apenas trabalhos efetivamente apresentados no evento. Além desses trabalhos, foram apresentadas duas conferências plenárias e nove mesas-redondas sobre temas variados de interesse da área. Esses trabalhos foram selecionados a partir de ampla consulta aos associados da ABRAPEC, que sugeriram temas e nomes para compor as mesas. A partir dessas sugestões, a comissão organizadora do VII ENPEC selecionou as mesas e conferências e os nomes das pessoas a serem convidadas. No dia que antecedeu a abertura do VII ENPEC foi realizada a III Escola de Formação de Pesquisadores em Educação em Ciências, com a oferta de nove mini-cursos, cada um com oito horas de duração. Acesse aqui as Atas do VII ENPEC

VIII ENPEC

O VII ENPEC realizou-se na UNICAMP, em Campinas, de 5 a 9 de dezembro de 2011. O evento contou com 1920 participantes inscritos. Destes, 43% eram professores pesquisadores do campo, 38% alunos de pós-graduação e 19% alunos de graduação. O perfil dos participantes do VIII ENPC refletiu não só a integração da ABRAPEC com os programas de pós graduação da área, mas também o crescente papel formativo desempenhado pelo evento. O evento também contou com a participação de quinze colegas iberoamericanos. Foram submetidos ao VIII ENPEC um total de 1695 trabalhos, que foram avaliados por no mínimo dois árbitros. Foram aprovados para apresentação cerca de 1235 trabalhos (1009 na modalidade comunicação oral e 677 na modalidade pôster e 16 como simpósios temáticos). A avaliação dos trabalhos foi, pela primeira vez, realizada de forma descentralizada. A dinâmica de arbitragem foi pensada de modo a reunir pesquisadores com diferentes perfis e graus de experiência em um processo com caráter formativo e que contribuiu para o compartilhamento de critérios de avaliação da pesquisa na área. Aceitaram o convite da coordenação 437 árbitros. Todos os trabalhos foram avaliados às cegas por pelo menos dois avaliadores. No dia 5 de dezembro foi realizada a IV Escola de Formação de Pesquisadores, que reuniu aproximadamente 200 alunos de programas de pós-graduação e de graduação, de todas as regiões brasileiras, em quatorze mini-cursos, com oito horas de duração cada. O VIII ENPEC contou, para além da apresentação de comunicações orais e pôsteres, com oito mesas-redondas, duas conferências plenárias e cinco encontros temáticos. O ENPEC e a ABRAPEC reafirmaram-se como fóruns de debate, posicionamento e de ações de uma comunidade comprometida com o planejamento, implementação e avaliação de propostas e inovações educacionais voltadas ao desenvolvimento do pleno exercício de uma cidadania responsável, bem como para o domínio dos conteúdos científicos e do conhecimento a respeito dos seus processos de construção. Os trabalhos apresentados e as discussões realizadas no evento reforçaram este compromisso e consolidaram esta identidade. Acesse aqui as Atas do VIII ENPEC

IX ENPEC

O IX Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências foi realizado entre os dias 10 e 13 de Novembro de 2013, na cidade de Águas de Lindóia, SP, tendo sido utilizadas as dependências dos hotéis Majestic e Bela Vista. No dia 14 de Novembro de 2013, foi realizada a V Escola de Formação de Pesquisadores em Educação em Ciências, também no hotel Majestic. Ambos os eventos foram organizados pela diretoria da Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (ABRAPEC). Foram credenciados 1.037 participantes, entre professores e pesquisadores de instituições de ensino superior (329), alunos de pós-graduação (544), alunos de graduação (146), todos filiados à ABRAPEC. Estiveram presentes ainda 18 participantes não sócios. À exceção do Amapá, todos os demais entes federativos estaduais e o Distrito Federal contaram com representantes no IX ENPEC.

A programação contou com 171 sessões paralelas de apresentação oral, distribuídas em 9 períodos, contendo 6 trabalhos e com duração de 2 horas por sessão. Além das mesas redondas de abertura e encerramento, ocorreram ainda 4 mesas redondas paralelas, 7 simpósios temáticos, 6 encontros de grupos de interesse e 6 debates sobre temas gerais. De acordo com o estatuto da ABRAPEC, realizou-se a IX Assembleia Geral Ordinária, que elegeu a nova diretoria da associação, entre outros pontos de pauta.
Foram submetidos 1526 trabalhos completos e seus respectivos resumos, que foram distribuídos para 19 grupos de avaliação, sendo esses organizados tematicamente em 15 linhas. Foram mobilizados 39 coordenadores e mais de 400 assessores, ao longo do processo de avaliação. Cada trabalho foi avaliado por pelo menos 2 assessores que respondeu a um instrumento de avaliação com 10 itens.
O IX ENPEC contou com sistemas informatizados de submissão e avaliação de trabalhos, inscrição, credenciamento e traslado de participantes. Todos os certificados e recibos foram emitidos em formato eletrônico. Após o acesso aos certificados on-line, cada participante foi convidado a responder uma enquete de avaliação do evento com 36 itens sobre infraestrutura organizacional e logística, qualidade acadêmica das sessões e apreciação geral do evento. Foram contabilizados 326 respondentes, sendo que 292 emitiram parecer geral positivo (bom, muito bom e excelente) sobre o IX ENPEC. Seguindo esses mesmos critérios, o índice de aprovação dos respondentes foi de: 83% para o processo de avaliação; 94% para a organização e eficiência da secretaria; 89% para a programação geral do evento; 93% para a qualidade dos trabalhos apresentados nas sessões orais; 95% para a infraestrutura do centro de convenções. Do ponto de vista estatístico, a enquete foi validada e seus resultados refletem fidedignamente a opinião de cerca de 30% dos participantes do IX ENPEC.

Acesse aqui as Atas do IX ENPEC

Acesse aqui as Fotos do IX ENPEC

_________________________________________________________________________________

X ENPEC

O X ENPEC foi realizado em Águas de Lindoia, São Paulo, de 24 a 27 de novembro de 2015, tendo sido utilizadas as dependências do Hotel Majestic. Ao todo foram 2.553 participantes, entre professores e pesquisadores de instituições de ensino superior (639), alunos de pós-graduação (1230), alunos de graduação (557), todos filiados à ABRAPEC. Estiveram presentes ainda 127 participantes não sócios. O X ENPEC, teve como tema central, “As Políticas educacionais e Educação em Ciências: impactos na pesquisa, no ensino e na formação profissional.” A escolha do tema fundamentou-se no fato de que, no atual momento político do país, em que muitas mudanças são cogitadas no contexto educacional em seus diversos níveis, a comunidade de pesquisadores em Educação em Ciências tem no X ENPEC um espaço de discussões e debates que podem contribuir para que os profissionais da educação em ciências participem de forma propositiva e sistemática no debate nacional.  O evento contou com 1.768 trabalhos completos submetidos e seus respectivos resumos, que foram distribuídos para 19 grupos de avaliação, sendo esses organizados tematicamente em 15 linhas. Foram mobilizados 35 coordenadores e mais de 500 assessores, ao longo do processo de avaliação. Os trabalhos foram distribuídos ao longo da programação, que contou com 23 sessões paralelas de apresentação oral, distribuídas em 3 períodos, contendo 6 trabalhos e com duração de 2 horas por sessão. Foi realizada a assembleia geral ordinária da ABRAPEC e eleita parte da nova diretoria para o quadriênio 2015-2019. O X ENPEC contou com sistemas informatizados de submissão e avaliação de trabalhos, inscrição, credenciamento e translado de participantes. Todos os certificados e recibos foram emitidos em formato eletrônico. Nesta edição do evento, não foi organizada a Escola de Formação de Pesquisadores em Educação em Ciências (EFPEC), pois esta passou a ser um evento realizado em anos alternados com o ENPEC, sendo a próxima em novembro de 2016. A VI Escola de Formação de Pesquisadores em Educação em Ciências (EFPEC) adotará um formato distinto das edições anteriores, as quais integravam a programação dos ENPEC. A proposta é desenvolver ações de forma descentralizada, contemplando as diversas regiões brasileiras a fim de contribuir para uma melhor formação de pesquisadores da área nessas regiões. Nesta edição, a VI EFPEC terá como tema “Pesquisa em Educação em Ciências: História e perspectivas teórico-metodológicas”. Seus objetivos são reunir pesquisadores e estudantes de cursos de doutorado da área de Educação em Ciências (particularmente nas subáreas de Ensino de Física, Química, Biologia, Geociências, Saúde e Ambiente) para discutir temas de pesquisa de interesse para a área e, ainda, favorecer a interação dos doutorandos. A VI EFPEC ocorrerá simultaneamente em quatro regiões do país (Norte/Centro-Oeste; Nordeste; Sul e Sudeste) entre os dias 7 e 11 de novembro de 2016. Sua programação envolverá cursos teóricos, apresentação de pôsteres, oficinas, debates e discussões sobre a história e perspectivas teórico-metodológicas da pesquisa na área em diálogo com as questões tratadas nos projetos de pesquisa que estão sendo desenvolvidos pelos doutorandos participantes. Pesquisadores sêniores serão convidados para debater questões atuais da pesquisa em Educação em Ciências com os doutorandos, tendo como referência suas pesquisas em desenvolvimento. Cada região oferecerá até 30 vagas para doutorandos de programas de pós-graduação oriundos da área de Ensino ou de programas de outras áreas que desenvolvam pesquisas em linhas relacionadas com Educação em Ciências. Os participantes da VI EFPEC deverão estar cursando até o terceiro ano do curso de doutorado (preferencialmente segundo e terceiro) e serão selecionados previamente pelos respectivos programas de pós-graduação, que enviarão os nomes dos participantes à comissão organizadora do evento. Os estudantes de doutorado participantes no evento deverão enviar à comissão organizadora um texto de 6 páginas que apresente seu problema de investigação e elementos centrais do referencial teórico-metodológico do seu trabalho, explicitando como os pressupostos teóricos se articulam com aspectos do desenho metodológico da pesquisa. A participação dos doutorandos estará condicionada ao envio desses textos, que darão suporte às atividades e discussões a serem desenvolvidas durante o evento e serão publicados nas Atas da VI EFPEC. Acesse aqui as atas do X ENPEC.