ATAS DO V ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS
 

SESSÃO DE PAINÉIS

ÁREA TEMÁTICA: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, INSTRUMENTAÇÃO E DIFUSÃO TECNOLÓGICA

 

 

A INFORMÁTICA COMO ESTRATÉGIA DIDÁTICA NO ENSINO DE QUÍMICA
Wanderlei Sebastião Gabini / Renato Eugênio da Silva Diniz
wgabini@uol.com.br

O objetivo do presente estudo foi investigar possibilidades e necessidades referentes à utilização da informática como recurso didático no ensino de Química, com um grupo de professores da disciplina, de três escolas públicas. O trabalho desenvolveu-se através de encontros periódicos dos professores, análise e exploração de softwares disponíveis na Sala Ambiente de Informática dessas escolas, aulas ministradas utilizando um desses softwares e avaliação dos alunos sobre essas aulas. Ficou evidenciada a importância de um espaço para que os professores possam compartilhar suas experiências, planejar ações didáticas e conhecer os materiais presentes em seu ambiente de trabalho. Para o ensino de Química, o recurso da informática, ao possibilitar a visualização, a simulação de experimentos e a interação com o conhecimento científico, apresentou-se como uma estratégia importante no processo de ensino e aprendizagem. Palavras-chave: Ensino de Química e Informática

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



A MEDIAÇÃO TEÓRICA-CONCEITUAL DE UM SITE PARA ALUNOS-TRABALHADORES DA SAÚDE
Sergio Ferreira de Menezes e Ana Cecília Pedrosa de Azevedo
smenezes@fiocruz.br

Esta pesquisa desenvolvida no programa de pós-graduação em Ensino de Biociências e Saúde do Instituto Oswaldo Cruz, objetiva produzir um site, aplicando-o e analisando-o no processo de ensino e de aprendizagem, ao reconhecer a inserção das tecnologias no espaço escolar. Surge por motivação de trabalho docente realizado no âmbito da formação de trabalhadores da Saúde pela Escola Politécnica/FIOCRUZ ao investir na produção de tecnologias e criação de modelos educacionais, ao incorporar novas concepções nos campos da Promoção e Vigilância com vistas à construção de uma sociedade de bem-estar, ou ainda, por compreender a importância de uma abordagem pedagógica compatível com as transformações sociais. Acredita-se que a formação de trabalhadores associada ao uso desta linguagem permita e potencialize ao aluno refletir criticamente a realidade, mobilizar experiências anteriores e, trabalhar de forma interativa e autonomamente.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



AMBIENTES VIRTUALES EN EL ENTORNO DEL APRENDIZAJE DE LA QUÍMICA
Sonia E. Torres Garzón e Margarita Rosa Rendon Fernandez
mrendon@jupiter.lasalle.edu.co

La incorporación de las nuevas tecnologías a los procesos educativos, sin duda alguna constituyen una oportunidad para realizar cursos y adelantar programas académicos en línea, bajo ambientes no presenciales, como es el caso del aprendizaje a distancia (AD), lo cual plantea para los docentes como reto diseñar, elaborar e incorporar módulos en línea para el aprendizaje de las ciencias, en general, y de la química, en particular.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



ANÁLISE DAS PROPOSTAS DE UTILIZAÇÃO DAS FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS PARA O ENSINO DE FÍSICA NO NÍVEL MÉDIO E SUPERIOR
Daniele Cristina Nardo Elias, Luiz Henrique Amaral, Mauro Sergio Teixeira de Araujo, Carlos Fernando de Araujo Jr.
dcnardo@ajato.com.br

Este artigo aborda a importância e as formas de se utilizar o computador em um curso regular de ensino médio e nível superior, para ensinar Física, de forma a proporcionar ao aluno uma maior interação com os conteúdos. As possibilidades de uso do computador podem estar relacionadas com uma proposta construtivista, além de atender as competências e habilidades que devem ser desenvolvidas segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (PCNEM). Além disso, o artigo fornece um levantamento e análise de artigos publicados na Revista Brasileira de Ensino de Física no período de 2000 até 2004, com o objetivo de mostrar como a informática vem sendo proposta para ser utilizada no ensino de Física atualmente.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



ANÁLISE, DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE RECURSOS DE INFORMÁTICA NO ENSINO DE QUÍMICA
Fábio Merçon, Marcelo Pinheiro de Souza, Melissa de Moura Fernandez, , Sabrina Barros Nabuco de Araújo, Pedro Ivo Canesso Guimarães
mercon@uerj.br

As novas tecnologias de informação e comunicação, decorrentes da inserção do computador em nosso dia-a-dia, vêm ganhando destaque nas mais diversas áreas de aplicação, inclusive nos processos educativos. O presente trabalho buscou analisar o papel da informática no ensino de química na educação básica através da análise, desenvolvimento e aplicação de softwares educacionais. A análise demonstrou que estes apresentam um grande potencial de emprego como recurso didático, cabendo ao docente planejar e desenvolver atividades que favoreçam o processo de ensino-aprendizagem. Além disto, com o conhecimento adequado de informática, é possível que o próprio professor desenvolva os recursos que atendam suas necessidades didáticas. A aplicação de softwares educativos em turmas de química da educação básica demonstrou que sua inserção na prática pedagógica, inclusive em conjunto com as aulas experimentais, favorece a motivação dos alunos, torna as aulas mais dinâmicas e agradáveis e contribuiu para o processo de construção do conhecimento.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



BLOG: A ESCRITA HIPERTEXTUAL E AS QUESTÕES DE GÊNERO NA FORMAÇÃO DA IDENTIDADE DOS JOVENS
Maria Aparecida Padilha Ribeiro, Vera Helena Ferraz de Siqueira
cidinha1980@yahoo.com.br

O artigo é parte do projeto de pesquisa “Blog: a escrita hipertextual e as questões de gênero na formação da identidade dos jovens”, que tem como objetivo pesquisar espaços virtuais, nesse caso os blogs, de jovens a fim de verificar como, através de uma escrita hipertextual, constroem sua identidade e realizam reflexões sobre gênero. Verificar os usos da tecnologia pelos sujeitos, o que reflete em uma nova forma de apropriação da leitura e da escrita. Os textos postados deixam de ser únicos e passam a ser coletivos, assim como os sujeitos. Através da interação e da troca de mensagens, eles se questionam ao mesmo tempo em que constroem novos conhecimentos sobre gênero. Questiono o tipo de identidade que os sujeitos constroem dentro desse grande hipertexto digital, que é o blog. Palavras-chave: blogs, leitura e escrita na cultura digital, formação da identidade, gênero.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



CAPTURA SINCRONIZADA DE VÍDEO NO ENSINO DE CIÊNCIAS
Jackson Gois, Marcelo Giordan
jackgois@usp.br

Desenvolvemos um sistema dinâmico de registro geral da sala de aula, adaptado especialmente para situações de uso do computador. Neste sistema, são necessários apenas um computador do tipo PC, uma filmadora, mesmo uma webcam, e softwares para captura de vídeo. Os vídeos obtidos podem ser vistos separadamente ou numa mesma tela a partir do próprio computador utilizado para o estudo, e também podem ser arquivados em DVD para consulta e exibição. Neste sistema podem ser gravados dois ou mais dispositivos de vídeo simultaneamente, dependendo da capacidade de processamento do computador utilizado e das portas disponíveis. No registro das situações de uso do computador, o sistema é pouco aparente ao usuário porque os arquivos de vídeo são gravados no próprio computador em uso, o que contribui positivamente para a espontaneidade e, portanto, para o estudo das ações mediadas.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



CONTRIBUIÇÕES DOS MEIOS TECNOLÓGICOS – COMUNICATIVOS PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS
Bethânia Medeiros Geremias; Vanderlei André Cima; José André Peres Angotti
bmgeremias@yahoo.com.br

Muitas são as discussões acerca do uso das tecnologias da comunicação, especialmente o computador, que buscam avaliar suas vantagens e implicações nos processos de formação inicial e continuada de professores e sua aplicação, com eficiência, nos processos de ensino e aprendizagem na sala de aula. Capacitar professores para intervirem positivamente na ampliação do acesso aos meios tecnológicos é um grande desafio a ser enfrentado. Dentre as alternativas podem ser oferecidas disciplinas em cursos de formação inicial e continuada visando instrumentalizar licenciandos e educadores para utilizar e/ou produzir materiais, estimulando outros colegas para trabalhar os novos materiais diretamente com os alunos. Nessa perspectiva, apresentamos o resultado de um semestre de pesquisas e discussões sobre as possibilidades de uso dos meios tecnológicos comunicativos - MTCs, que culminaram na produção de uma homepage tratando da evolução biológica humana, dos impactos e custos da tecnologia nesse processo, e também na elaboração desse texto.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



CONVERGÊNCIAS TECNOLÓGICAS: FRONTEIRAS DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS
Ernesto Macedo Reis e Marília Paixão Linhares
ereis@cefetcampos.br

A proposta deste trabalho é refletir sobre o desenvolvimento de um ambiente virtual de aprendizagem com suporte na Internet cujo objetivo é estimular a reflexão do professor de Ciências/Física sobre suas ações docentes, promover interatividade, incentivar o trabalho cooperativo e o uso de forma significativa das Tecnologias de Informação e Comunicação. O ambiente assume o modelo conceitual de Aprendizagem Baseada em Casos que permite o estudo de questões complexas. Apresentamos uma experiência didática de utilização do ambiente com uma amostra de 73 usuários, licenciandos e professores de Física. A relação com a pesquisa se estabelece com a investigação no formato de uma pesquisa-ação que objetiva identificar limites e possibilidades do sistema quanto a amplificação da aprendizagem dos estudantes sobre a prática docente dos professores de Física.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



ENSINANDO CONCEITOS FÍSICOS COM ATIVIDADES NO SOFTWARE MODELLUS.
Ricardo Bastos de Oliveira e Marília Paixão Linhares
rbastos@uenf.br

Uma das características da Física é a busca de modelos que representem situações reais observadas ou idealizadas. A exploração desses modelos em geral ocorre através de práticas experimentais, mas também é possível utilizar softwares de modelagem e simulação, cujas saídas gráficas permitem visualizar representação de fenômenos, viabilizando a compreensão dos conceitos envolvidos nesta “experiência virtual”. A utilização de softwares de modelagem tem crescido de forma acentuada no ensino da Física, pois o uso dos computadores na educação oferece diversas possibilidades de aplicação. Este trabalho avalia o software Modellus como recurso complementar, motivador e facilitador na aprendizagem de conteúdos de Mecânica. O projeto foi desenvolvido com grupos de alunos do ensino médio e da licenciatura em Física. A metodologia utilizada foi o desenvolvimento e avaliação de um conjunto de atividades sobre mecânica com o software, a partir da avaliação das concepções prévias dos estudantes. Palavras-chave: ensino de Física, modelagem.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



ESTUDO DO MOVIMENTO ACELERADO EM TEMPO REAL ATRAVÉS DE UM SISTEMA DE AQUISIÇÃO DE DADOS ASSISTIDO POR COMPUTADOR .
Nestor Saavedra, Luís Fernando Cordeiro, José Carlos da Cunha, Edson Ferlin, Maurício Perretto, Maurício Cúnico.
saavedra@unicenp.edu.br

O estudo do movimento acelerado ainda hoje é objeto de estudos e experimentos. Os alunos sentem dificuldades em discernir os diferentes comportamentos assumidos pela aceleração de um corpo e suas implicações no desenvolvimento dos movimentos, muitas vezes recorrendo à memorização pura e simples ao invés do real aprendizado. Com o advento das novas tecnologias em ensino de ciências, os professores ganharam métodos de auxílio ao processo de ensino-aprendizagem. Simulações e experimentos assistidos por microcomputadores têm obtido destaque, por representarem uma interface de aprendizagem em sintonia com a linguagem que faz parte da realidade de grande parte dos alunos atualmente. Este trabalho relata a elaboração de um sistema de aquisição de dados para o estudo das grandezas físicas relacionadas ao movimento acelerado. A evolução das grandezas é acompanhada em tempo real em uma interface na tela do computador. Através dela o aluno pode prever, observar e comparar os dados obtidos no experimento, o que faz por aumentar a aprendizagem dos estudantes.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



ESTUDO EXPLORATÓRIO SOBRE POTENCIALIDADES DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO DE PADRÃO ABERTO NA CONSTRUÇÃO DE SIMULADORES PARA O DESENVOLVIMENTO DE CONCEITOS FÍSICOS
Vania Elisabeth Barlette e Paulo Henrique Guadagnini
vebarlette@globo.com

Este trabalho diz respeito a um estudo exploratório sobre potencialidades do uso combinado da tecnologia de informação de padrão aberto para gráficos vetoriais SVG (Scalable Vector Graphics) com tecnologias de padrão aberto XML (Extensible Markup Language), XHTML (Extensible Hypertext Markup Language) e ECMAScript na construção de simuladores visando o desenvolvimento de conceitos físicos. Essas tecnologias abertas são utilizadas neste trabalho para operacionalizar a estratégia de simulação interativa e viabilizar a interação com situações de ensino, na perspectiva de desenvolvimento conceitual referenciada pela teoria dos campos conceituais de Vergnaud. Alguns exemplos de simulação interativa usando as tecnologias abertas citadas são apresentados, e sua aplicabilidade no desenvolvimento de conceitos físicos é discutida.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



FORMAÇÃO CONTINUADA ON-LINE DE PROFESSORES DE FÍSICA: NAVEGAÇÃO AUTÔMONOMA NO AMBIENTE VIRTUAL INTERAGE
Flavia Rezende; Bruno Batista Légora; Lucia Helena Borges Soares
frezende@nutes.ufrj.br

O ambiente virtual InterAge (http://nutes2.nutes.ufrj.br/interage) oferece recursos pedagógicos, ferramentas de comunicação on-line e uma planilha de planejamento de aulas que podem ser usados na solução de problemas da prática pedagógica do professor de Física. Além dos cursos gratuitos a distância, oferecidos neste ambiente virtual, os professores podem também ter acesso autônomo a todos os recursos e ferramentas, apenas preenchendo uma ficha cadastral. A partir do registro dessas fichas e dos eventos de navegação de 380 professores de Física foi possível delinear o perfil profissional do grupo e analisar a navegação individual de um subgrupo levando-se em consideração os recursos oferecidos no ambiente e sua proposta pedagógica. Considerando que o acesso autônomo do professor depende apenas de seu interesse, os resultados mostraram que o InterAge pode proporcionar uma alternativa significativa de formação continuada on-line, indicando, entretanto, aspectos que ainda precisam ser melhorados e futuramente investigados.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



O MODELO WEBQUEST NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM: UMA ANÁLISE À LUZ DA TEORIA DA FLEXIBILIDADE COGNITIVA
Úrsula Moema Chaves Melo Veras e Marcelo Brito Carneiro Leão
ursulaveras@yahoo.com.br

O presente trabalho pretende apresentar a pesquisa realizada numa escola particular da cidade do Recife, com alunos da 7ª Série do Ensino Fundamental. O foco da pesquisa é o Modelo WebQuest (MWQ), criado por Bernie Dodge e Tom March em 1995, na Universidade Estadual de San Diego – EUA. Associada ao Modelo WebQuest, teremos a teoria de ensino, aprendizagem e representação do conhecimento criada por Rand Spiro e Colaboradores: A Teoria da Flexibilidade Cognitiva (TFC). Faremos um relato da intervenção pedagógica realizada nas aulas de Ciências, trabalhando o conteúdo “Sistema Urinário” e aplicando a WebQuest(WQ) “Lixo: Para Fora!”. A investigação ocorreu a partir de aplicação de duas WebQuests: A primeira WQ (convencional) foi construída com os atributos críticos e não-críticos definidos por Dodge; a segunda WQ (modificada) foi acrescida dos fundamentos da TFC.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



OS RECURSOS HIPERMÍDIA E OS PROBLEMAS ABERTOS: A TRAJETÓRIA DIDÁTICA PERCORRIDA NO DESENVOLVIMENTO DO HIPERMÍDIA CALOR E TEMPERATURA PARA O ENSINO MÉDIO
Odete Pacubi Baierl Teixeira, André Ricardo Soares Amarante, Marco Aurélio Alvarenga Monteiro e José Lourenço Cindra
andre@feg.unesp.br

Neste trabalho discutimos aspectos relacionados a abordagem didática relacionada ao desenvolvimento do Hipermídia Calor e Temperatura, procurando analisar as orientações e dificuldades envolvendo o processo de elaboração do software. Estaremos abordando fatores que subsidiaram a estruturação, do ponto de vista pedagógico do nosso protótipo, tais como: a aprendizagem, o uso da História da Ciência, o uso das experimentações e simulações, o uso das relações Ciência / Tecnologia / Sociedade (CTS), o uso das questões abertas e o uso da Interdisciplinaridade. Discutiremos também a orientação quanto a seleção dos conteúdos, juntamente com a distribuição dos módulos e dos links.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DE UM BANCO VIRTUAL DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM EM NEUROCIÊNCIA
Taís Rabetti Giannella, Miriam Struchiner, Vinicius Ramos e Roberto Lent
taisrg@yahoo.com.br

As tecnologias da informação e da comunicação têm ampliado as possibilidades de produção, difusão e compartilhamento de recursos educativos em formatos diversos (textos, áudio, imagens, animações etc). Neste contexto, o conceito de “objetos de aprendizagem” vem ganhando força no campo da pesquisa em tecnologia educacional, tanto em ambientes formais de aprendizagem, como não formais. Na área do ensino de ciências o uso de recursos educativos informatizados tem sido explorados na medida em que podem potencializar a visualização e o acompanhamento de fenômenos naturais, a experimentação e a testagem de hipóteses científicas, dentre outras atividades. Este trabalho tem como objetivo apresentar a pesquisa e o desenvolvimento de um banco de objetos de aprendizagem para o ensino de neurociência, o Banco Virtual de Neurociência (BVNEURO). A estrutura e os recursos do BVNEURO são descritos, discutindo-se como o conceito de “objetos de aprendizagem” orientou a modelagem deste banco virtual.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO COMO FERRAMENTA DE APRENDIZAGEM
Carmem Lucia C. Amaral, Rubens Cesar Figueira, Wilson Pascoalino Camargo de Oliveira
cl.amaral@uol.com.br

Este trabalho apresenta um estudo de caso utilizando o ambiente virtual como suporte ao ensino tradicional em sala de aula na disciplina de bioquímica para estudantes do curso de graduação em Enfermagem da Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL). Sua utilização consistiu em lançar com antecipação de uma semana a teoria que seria estudada em sala de aula, listas de exercícios e estudos de casos que seriam posteriormente analisados em grupos. A avaliação do uso desta ferramenta no processo ensino-aprendizagem foi realizada comparando-se o índice de aprovação e o desempenho do aluno nesta disciplina nos dois últimos anos com os anos anteriores (antes da utilização da metodologia). Foi observado que essa metodologia propiciou uma maior interação entre alunos e professor, assim como, melhorou a compreensão do conteúdo da disciplina.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS
Ana Cristina Cristo Vizeu Lima e Sheila Costa Vilhena Pinheiro
crisvizeu@uol.com.br

Este artigo apresenta o percurso reflexivo e investigativo das autoras no desafio de contribuir com a formação compartilhada e continuada de professores, na perspectiva de criar espaços de participação e troca de experiências, com o uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), especificamente a Internet, em vistas da criação de uma Comunidade Pedagógica Online de Professores de Ciências.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



UMA INVESTIGAÇÃO A RESPEITO DA UTILIZAÇÃO DE SIMULAÇÕES COMPUTACIONAIS NO ENSINO DE ELETROSTÁTICA
Josiane Maria Weiss e Agostinho Serrano de Andrade Neto.
josiweiss@terra.com.br

Este trabalho apresenta uma investigação a respeito da utilização de simulações computacionais no ensino de Física, mais especificamente em eletrostática. Existem muitas dificuldades na aprendizagem dos conceitos que envolvem a eletrostática e a utilização de computadores no ensino já vem sendo pesquisada por muitos autores. Acreditando na possibilidade das simulações serem auxiliares na aprendizagem de conceitos de eletrostática, uma investigação a respeito de suas limitações e possibilidades na tarefa de auxiliar uma evolução conceitual foi realizada. Os estudantes utilizaram simulações computacionais em conjunto com um guia de utilização. A investigação da ocorrência de evolução conceitual foi feita mediante uma análise das respostas dos estudantes nos pré e pós testes, juntamente com as respostas do guia de simulação e entrevistas.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE AS PRÁTICAS DOS DOCENTES DE MATEMÁTICA DO ENSINO SUPERIOR ENVOLVENDO O USO DO COMPUTADOR
Angela Maria Wilges, Lucia Maria Martins Giraffa
angelawilges@yahoo.com.br

Este artigo apresenta a descrição da pesquisa em andamento envolvendo o uso do computador as atividades dos docentes de Matemática no ambiente universitário. Os professores têm um papel importante para que esta ferramenta seja efetivamente usada como um recurso auxiliar para aprendizagem dos alunos. A pesquisa busca investigar as práticas e metodologias utilizadas pelos de professores de Matemática do ensino superior, a fim de verificar como eles estão utilizando os recursos computacionais nas suas disciplinas de graduação.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



UMA PROPOSTA DE AMBIENTE VIRTUAL COLABORATIVO PARA O ENSINO DE ASTRONOMIA
Marcus Vasconcelos de Castro,Ismar Frango Silveira,Carlos Fernando de Araújo Jr.
mvcastro2@yahoo.com

Este artigo apresenta AstroClass, uma proposta de Ambiente Virtual para o ensino de Astronomia que apresenta-se como uma plataforma para aprendizagem colaborativa de conceitos básicos de astronomia, dirigida a estudantes ligados a programas de extensão da EMA – Escola Municipal de Astronomia de São Paulo, ligada ao Planetário Municipal do Parque Ibirapuera. Este ambiente, proposto como uma adaptação de um ambiente já existente, e-Class, de propósito amplo, também é planejado para uso na formação continuada de professores do ensino fundamental, médio e superior.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



USO DE EXPERIMENTAÇÃO E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS PARA A APRENDIZAGEM DE TERMODINÂMICA
HARNYE DEL NERO e SOLANGE B. FAGAN
solange.fagan@gmail.com

É de comum consenso a existência de ferramentas que propiciam estratégias para tornar a aprendizagem mais eficaz, mas o estudo mais detalhado sobre sua real eficiência quanto a esse aprendizado ainda é uma incógnita. Por falta de uma análise aprofundada sobre o aproveitamento destas técnicas é que se pretende estabelecer um estudo mais detalhado. Na busca por métodos que melhorem o aprendizado no Ensino de Física, pois os métodos atuais não conseguem atingir aos alunos plenamente, e na necessidade de diversificar, adotar-se-á como proposta o uso de um experimento em Termodinâmica. A partir desta experimentação um questionário usando o método de resolução de problemas abordando certos conceitos de termodinâmica é adotado. Deste modo, buscamos que o aluno apresente sua opinião de acordo com os seus conhecimentos. Buscou-se neste trabalho também analisar que métodos os alunos do Ensino Médio utilizaram na construção e na busca de conceitos relacionados com o tema.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



VISUALIZAÇÃO DE FUNÇÕES COMPLEXAS COMO PAPEL FUNDAMENTAL EM INTERPRETAÇÕES E CONSTRUÇÕES CONCEITUAIS: EXPERIÊNCIAS EM SALAS DE AULA
Edvaldo Lima da Silva e Aguinaldo Robinson de Souza
edvaldo@fc.unesp.br

Este trabalho pretende apresentar uma experiência com interpretações visuais de funções complexas a partir do desenvolvimento do software F(C). Detalhamos a utilização do software através da elaboração de atividades e experiências em salas de aula de estudantes de Matemática. A utilização do Domínio de Cores para representação de entes que se comportam com 4 variáveis reais é usada para esse tipo de representação visual. Iniciamos as atividades com geração e leituras de gráficos. Explorações e gerações de animações para estudos de famílias de funções se mostrou uma característica intrínsica ao uso da ferramenta, a qual possibilita generalizações fundamentais acerca das características de cada tipo de funçã0. Interpretações de raízes para soluções de problemas e estudo de transformações lineares também são parte das atividades utilizadas no projeto. Finalmente, tentamos lançar mão do papel da visualização como instrumento fundamental no processo de aprendizagem na Matemática, bem como o uso desse tipo de argumento para justificar o uso de demonstrações não formais no Ensino de Matemática.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



 


Organização: Roberto Nardi e Oto Borges
Elaboração: Edvaldo Lima da Silva e Sérgio Camargo