ATAS DO V ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS
 

SESSÃO DE PAINÉISS

ÁREA TEMÁTICA: AS RELAÇÕES ENTRE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SOCIEDADE E AMBIENTE NO ENSINO DE CIÊNCIAS

 

 

(RE)LEITURA DE MATERIAL DIDÁTICO COM ENFOQUE CTS POR PROFESSORES DO ENSINO MÉDIO
Márcia Gorette Lima da Silva; Isauro Beltrán Núñez; André Ferrer Pinto Martins
marciaglsilva@yahoo.com.br

Uma tendência do pensamento educativo global destaca diferentes propostas direcionadas a formação do cidadão, que defenda a dimensão formativa em detrimento da conceitual. Almeja-se que a educação científica proporcione ao aluno conhecimentos que o capacite para lidar com problemas de diferentes naturezas e, que possa ter condições de fazer uma leitura crítica da realidade marcada por desequilíbrios sociais, políticos, éticos, culturais e ambientais. Assumindo essa postura partimos para o desafio de elaborar um material didático direcionado a alunos do ensino médio e submetê-lo a utilização por professores de distintas áreas do conhecimento. O tema proposto relacionava indústria química, meio ambiente e sociedade. O objetivo era analisar aspectos relacionados à construção desse material e a forma como foi utilizado por 4 professores do ensino médio de diferentes áreas do conhecimento. A questão que norteia essa pesquisa é qual a (re)leitura assumida por cada professor ao utilizar o material didático.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO E DA CONSCIÊNCIA CRÍTICA NA EDUCAÇÃO CIENTÍFICA NO CAMPO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL EMANCIPATÓRIA: TECENDO ELOS ENTRE PAULO FREIRE E PIAGET
Maria das Mercês Navarro Vasconcellos
merces@mast.br

O agravamento da crise socioambiental1 contemporânea tem exigido muitas reflexões sobre a fundamentação política e pedagógica que são necessárias hoje para a educação. Esse trabalho pretende oferecer uma contribuição para ajudar a pensar sobre o que significa hoje um processo ensino-aprendizagem engajado em um projeto educacional emancipatório. Buscando alcançar esse objetivo serão tecidos alguns elos entre a teoria de Piaget, sobre o processo de construção do conhecimento, e o projeto político pedagógico proposto por Paulo Freire. Com suporte na análise de algumas obras desses autores, conclui-se que essas duas teorias podem ser complementares em trabalhos no campo da educação ambiental emancipatória. Tal complementaridade revela-se particularmente importante na educação em ciência. Palavras-chave: educação ambiental emancipatória, Jean Piaget, Paulo Freire, educação em ciência.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



A EDUCAÇÃO PARA O CONSUMO NO ENSINO DE CIÊNCIAS. INTERDISCIPLINARIDADE, CIDADANIA E TRANSVERSALIDADE
Edson Cardia e Fernando Bastos
edson@cardia.com.br

O presente artigo demonstra a possibilidade de se integrar os preceitos do Código Brasileiro de Defesa do Consumidor (CDC) ao Ensino de Ciências (Biologia, Física, Química) e Matemática, oferecendo exemplos do dia-a-dia pelos quais os professores poderão implementar, em suas disciplinas, os objetivos de cidadania vertentes na educação de nossos jovens.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



A EMERGÊNCIA DE DEBATES ÉTICOS NA EDUCAÇÃO CIENTÍFICA E AS POTENCIALIDADES DO ENSINO DE BIOLOGIA
Marcelo Valério
marcelo_valerio@terra.com.br

Este ensaio pretende acentuar a atenção que os profissionais de educação dedicam à situação de nosso mundo e, conseqüentemente, a preocupação com a formação ética dos educandos. Busca estimular a reflexão sobre os problemas sociais, ambientais e comportamentais que entravam o ideal de felicidade na sociedade contemporânea, apresentando-os como fruto do extraordinário poder de intervenção científico-tecnológica na cultura. Sugere a implementação de debates éticos no ambiente escolar como forma de despertar consciências e promover o engajamento dos indivíduos no questionamento e na busca de soluções para esta problemática. Finalmente, aponta o ensino de biologia como arena privilegiada para estas discussões em virtude do atual contexto de desenvolvimento teórico e técnico desta disciplina e de seus impactos evidentes na da vida social.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



A PRODUÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES SOBRE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NAS ÁREAS DE ENSINO DE CIÊNCIAS E DE SAÚDE: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO
Paula Ramos e Miriam Struchiner
paularam@ig.com.br

Esse trabalho apresenta os resultados de um estudo exploratório das pesquisas em Ensino de Ciências e de Saúde, no âmbito do Programa de Apoio à Pesquisa em Educação a Distância (PAPED). O estudo integra uma etapa de caracterização e definição do material para análise de uma dissertação de mestrado. O levantamento foi feito a partir de 80 resumos de teses e dissertações apoiadas pelo Programa de 1997 até 2002. Verificou-se que, desse total, 15 (19%) abordaram o Ensino de Ciências e de Saúde. Essas pesquisas foram desenvolvidas por diversas áreas do conhecimento, sendo a maioria (75%) sobre o desenvolvimento de materiais educativos informatizados. A partir da classificação dos conteúdos dos materiais propostos, verificou-se que a maioria priorizou a visualização de conceitos científicos e a formação na área. Esses resultados apontam para um esforço das áreas em investir na integração das tecnologias de informação e comunicação no processo educacional.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



ALTERNATIVAS DIDÁTICAS: UMA PROPOSTA PARA O ENSINO DE QUÍMICA NUCLEAR
Rubens C. L. Figueira e Eliana Nagamini
figueiraru@yahoo.com.br

O Ensino de Química apresenta-se muitas vezes fundamentado na aplicação de fórmulas e leitura de símbolos químicos. Essa disciplina vem sofrendo nos últimos anos uma alteração na sua carga horária, influenciando totalmente a grade curricular. Neste contexto, encontrar formas alternativas que contemplem abordagens presentes no cotidiano é questão fundamental nos PCNs e um desafio para professores desta disciplina. Hoje os jovens estão acostumados com um fluxo de informações dinâmico, construído a partir da linguagem verbal e não-verbal, que impõe novas formas de apreensão do mundo e do saber. Assim, este trabalho pretende apresentar alternativas considerando essa realidade. Para isso tomaremos a Química Nuclear, conteúdo relevante devido as suas inúmeras aplicações e implicações políticos-ambientais. A proposta é operar com diferentes linguagens, como a poesia, a HQ e o vídeo, favorecendo a realização de trabalhos interdisciplinares e permitindo a construção de uma visão crítica sobre a aplicação da Química Nuclear.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



ANÁLISE DE QUESTÕES RELACIONADAS AO MEIO AMBIENTE EM PROVAS DE QUÍMICA NO VESTIBULAR
Victor João da Rocha Maia Santos, Marçal Pires, Regina Maria Rabello Borges
rborges@pucrs.br

A pesquisa descrita neste texto envolve questões ambientais que não podem ser tratadas a partir de uma educação dicotômica. Elas não podem ser monopolizadas por somente duas áreas do conhecimento acadêmico, como as ciências biológicas e a geografia. Diante disso, o objetivo deste trabalho foi investigar a relação entre as questões do vestibular de Química da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) de 2000 a 2004 e o atual ensino de Química com o meio ambiente. Como as questões propostas nas provas do vestibular influenciam a seleção do conteúdo programático pelas escolas (principalmente as da rede particular de ensino) e a atuação do professor em sala de aula, há uma grande responsabilidade por parte do vestibular na promoção de práticas de ensino para o meio ambiente. Mas verificou-se que, de um total de 150 questões (cada prova possui 30 questões), apenas duas estavam diretamente relacionadas com problemáticas ambientais.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



ASPECTOS DE CIÊNCIA, EDUCAÇÃO CIENTÍFICA E CIDADANIA EM DEBATE A PARTIR DE UMA SITUAÇÃO SÓCIO-CIENTÍFICA
Alice Helena Campos Pierson, Denise de Freitas, Vânia Gomes Zuin
apierson@power.ufscar.br

Este artigo é parte de uma investigação mais ampla que tem como finalidade trazer para o debate acadêmico a visão da ciência como cultura e suas implicações na comunicação e educação científica. No decorrer de uma disciplina oferecida pelo Programa de Pós-Graduação em Educação de uma Instituição Pública de Ensino Superior buscou-se questionar junto aos estudantes quais os aspectos da relação Ciência, educação científica e cidadania emergem da análise e discussão de uma situação socio-científica veiculada enquanto produção cinematográfica. Como parte dos resultados encontrados destacam-se aspectos referentes à objetividade e subjetividade do conhecimento científico, suas metodologias, sua apropriação e utilização pelo sujeito não cientista, como formas de intervir no mundo social.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



CARACTERÍSTICAS DAS PESQUISAS EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL PRESENTES EM ANAIS DE UM EVENTO DA ÁREA
Claudia Roberta Yamashiro, Helena Maria da Silva Santos, Roberto Nardi, Jandira Liria Biscalquini Talamoni
claudiayamashiro@yahoo.com.br

Este trabalho analisa as pesquisas produzidas na área de educação ambiental nos anais de duas edições de um importante evento da área realizado no país: o EPEA - Encontro de Pesquisa em Educação Ambiental. A análise mostra que as principais tendências da pesquisa nessa área são: concepções de ambiente/representação social e formação de professores. Quanto à metodologia de pesquisa presentes nos trabalhos, observa-se que a maioria (52%) é constituída de estudos de caso; 13% são sobre análise bibliográfica e 12% sobre pesquisa-ação. A maioria das pesquisas apresentadas neste evento é produzida no Estado de São Paulo.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



EDUCAÇÃO AMBIENTAL E A SUSTENTABILIDADE: A PARTICIPAÇÃO DE DIFERENTES ATORES SOCIAIS NA EDUCAÇÃO INFORMAL.
autor: EDSON ROBERTO OAIGEN, co-autores: SANDRA MORAES DA SILVA CARDOZO, DENISE WESTPHAL, LUIZ FERNANDO ROHDE
oaigen@terra.com.br

A sustentabilidade tem fatores ligados à Educação Ambiental. O estudo envolveu 76 atores sociais de balneários de Cachoeira do Sul. A pesquisa foi qualitativa e quantitativa, utilizando o SPSS como método estatístico para a análise dos dados coletados. A metodologia permitiu a análise e a discussão dos dados, relacionando Educação Ambiental e Sustentabilidade. Principais resultados: o uso racional da água depende de ação responsável da sociedade; Ciências é a compreensão dos fenômenos da natureza; Educação Ambiental são ações do homem em seu ambiente de forma responsável; o ambiente: conjunto de elementos naturais que possibilitam a existência da vida; Sustentabilidade é um processo que atende as necessidades atuais sem comprometer a qualidade de vida futura. A manutenção do equílibrio sustenta o manejo sustentável. Alguns resultados mostram a recuperação da qualidade ambiental nos locais de atuação.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA: EFEITOS DE PROJETOS E ATIVIDADES DE EA NA VISÃO DE PRÉ-ADOLESCENTES SOBRE PROCEDÊNCIA, USO E DESPERDÍCIO DA ÁGUA
Rosimari Aparecida Viveiro Ruy, Alessandra Aparecida Viveiro
alessandraviv@yahoo.com.br

EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA: EFEITOS DE PROJETOS E ATIVIDADES DE EA NA VISÃO DE PRÉ-ADOLESCENTES SOBRE PROCEDÊNCIA, USO E DESPERDÍCIO DA ÁGUA.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA ÍNDIOS: UMA EDUCAÇÃO NECESSÁRIA?
Edmilson Tadeu Canavarros dos Santos e Maria Guimar Carneiro Tomazello
edmilsontadeu@hotmail.com

A pesquisa, que se caracteriza como um estudo de caso, teve por objetivo investigar se os professores indígenas Xavante da reserva de Sangradouro/Mato Grosso/Brasil trabalham com questões ambientais em sala de aula. A reserva está situada num dos maiores ecossistemas do Brasil, o cerrado, que se encontra em avançado estado de degradação.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA SUSTENTABILIDADE: PROPOSTA DE UMA ATIVIDADE
Elaine Sandra Nicolini Nabuco de Araújo; André Marques; Nilson Cordeiro; Patrícia Gomes Pinheiro.
enabuco@netsite.com.br

O presente trabalho foi desenvolvido junto aos alunos da 3ª série do Ensino Médio da EE Capitão Henrique Montenegro, localizada no município de Bocaina – SP em parceria com a prefeitura municipal e com o Instituto Internacional de Ecologia e Gerenciamento Sustentável, com sede em São Carlos – SP. Trata-se de um trabalho interdisciplinar que teve por finalidade principal o envolvimento dos alunos e da comunidade local nos assuntos de interesse coletivo, por meio do incentivo ao uso racional da água e de ações que garantam a preservação dos córregos que abastecem a cidade. O trabalho de campo constou da coleta de dados sobre a real situação dos Córregos e, com base nesses dados, um Projeto de Lei foi elaborado pelos alunos, reivindicando a recuperação dos mananciais. O projeto foi apresentado ao Prefeito do Município na Semana do Meio Ambiente. Palavras-chave: educação ambiental, sustentabilidade, meio ambiente, água.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



EM BUSCA DE ESPAÇOS CURRICULARES PARA A QUESTÃO DA ÁGUA
Giselle Watanabe e Maria Regina Dubeux Kawamura
gizwat@if.usp.br

Dentro da perspectiva de uma educação ambiental crítica, procura-se investigar quais espaços curriculares, no ensino médio, permitiriam a inserção temática de questões relacionadas com a problemática da água. Essa preocupação visa buscar formas para incorporar conceitos e conteúdos específico à educação ambiental. Levando em conta as estruturas curriculares disciplinares da educação escolar nesse nível, um pré-requisito para uma abordagem temática inclui a análise dessas estruturas. Para isso, investigam-se as estruturas de conteúdos nas áreas de Física, Biologia, Química e Geografia, explicitando os espaços e abordagens para o tema água. Essa análise é realizada a partir de livros didáticos e é complementada pela mesma análise em livros de ciências do ensino fundamental. São identificadas algumas dimensões interdependentes que podem servir de ponto de partida para um trabalho interdisciplinar ou para uma orientação de abordagens sobre o tema.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



ENFOQUE CTS E A PROPOSTA CURRICULAR DE SANTA CATARINA
João Henrique Ávila de Barros
jonk@uol.com.br

Nesse artigo a Proposta Curricular de Santa Catarina é analisada buscando proximidades com o enfoque CTS (Ciência, Tecnologia e Sociedade). Considera-se a análise crítica das implicações da ciência e tecnologia na sociedade como aspecto mais relevante desse enfoque. São analisados os conteúdos que se aproximam do enfoque CTS procurando apontar as limitações da abordagem sugerida pela proposta em relação à visão crítica das relações CTS relevada nesse artigo. A proposta revela aproximação do enfoque apresentando conteúdos e temas que favorecem enxertos CTS. O aspecto do enfoque ressaltado nesse artigo não é suficientemente valorizado na proposta., o que pode ter relações com o referencial teórico marxista adotado nela. É valorizada a perspectiva CTS no ensino de ciências e sua presença nas propostas curriculares no sentido de contribuir para uma educação que fortaleça o exercício da democracia. Palavras-chave: Proposta Curricular de Santa Catarina, CTS.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



ENSINO TÉCNICO E COMPLEXIDADE
Marco Antônio Simões de Souza
mass@cefetrs.tche.br

A história do Ensino Técnico tem sido marcada fortemente pelo paradigma científico clássico e pelo positivismo, que têm sua importância inegável no desenvolvimento da ciência, facilitando a vida da humanidade, por meio das ferramentas tecnológicas. Todavia, as mudanças cada vez mais aceleradas que nosso mundo sofre, seja na sociedade, no ambiente natural ou na tecnologia, urgem para que haja mudanças também na formação do profissional técnico. O presente trabalho aponta a presença do paradigma científico clássico no ensino técnico profissionalizante, através de alguns aspectos como: o privilégio do que é exato, previsível e mensurável; o isolamento das disciplinas; a visão utilitarista da educação. Também discute um possível movimento em direção ao paradigma da complexidade. Palavras-chave: Ensino técnico, Complexidade, Educação Ambiental, Educação Tecnológica.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



ENSINO/APRENDIZAGEM EM FISICA: UMA QUESTÃO DE GÊNERO?
Paulo Rômulo de Oliveira Frota
prfrota@hotmail.com

As questões de gênero, preconceitos contra a mulher em função do sexo, são constatados em conversas informais de estudantes. As relações entre alunos, alunas e docentes, no curso de Física da Ufpi, ensejaram alguns momentos de tensões que culminaram em denúncias de alunas contra colegas e professores por comentários maldosos e de cunho preconceituosos, emitidos em tom de brincadeira, mas que, de certa forma feriam a sensibilidade das alunas do curso. Investigação posterior veio comprovar a existência de fortes tensões de gênero disseminadas entre a convivência social diuturna. O presente trabalho levanta alguns indicadores sobre esta questão e descreve os resultados da pesquisa efetuada junto a alunas e egressas do curso de Física da Ufpi. Constatada a existência dos preconceitos, a questão maior trata-se de sua erradicação, buscando as suas causa em função do senso comum e nas relações sócio-culturais dos meios de onde são provenientes os sujeitos.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



FAZER CIÊNCIA USANDO AS NTICS: O ALUNO-AUTOR QUE APRENDE CRIANDO E PRODUZ COMPARTILHANDO
Miriam Brito Guimarães, Sandra Maria Rudella Tonidandel, Valdenice Minatel Melo de Cerqueira
tecnologiaeducacional@cda.colegiodante.com.br

Este trabalho delineia uma proposta de construção do conhecimento científico por alunos, dentro do componente curricular “Ciências Físicas e Biológicas”, usando recursos das Novas Tecnologias da Informação e Comunicação (NTICs), com o intuito de ser o aluno desafiado a construir conhecimento a partir de suas próprias pesquisas, e a compartilhar sua produção e desafios com os demais colegas. Assim, são aqui descritos dois exemplos de aplicação da tecnologia como ferramenta para a valorização da autonomia, no processo de aprendizagem de Ciências, os quais abordam os temas “Locomoção Humana” e “Epidemias Mundiais”. Esses projetos foram realizados no 1º. semestre de 2005, num colégio da rede particular, na cidade de São Paulo, por alunos das 7as. séries. A hipótese inicial é que os alunos podem, através do uso autônomo das ferramentas computacionais, transformar-se em autores de atividades que envolvem conceitos científicos, e serem co-responsáveis pela própria aprendizagem e pela de seus colegas também.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



JORNALISMO CIENTÍFICO E EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS
Maira Ferreira, Maria Lúcia Wortmann
mairafe@uol.com.br

Esse trabalho de pesquisa visa analisar como se processa a legitimação da inclusão de temáticas transversais à Educação Escolar em Ciências. A partir das orientações contidas nos Parâmetros Curriculares Nacionais para o trabalho escolar com os temas transversais, analisei reportagens que tratam as temáticas Saúde e Meio Ambiente na Revista Superinteressante, em edições de 1997 e 1998. O objetivo dessa análise foi marcar o modo como o jornalismo científico da revista legitima como assuntos científicos os temas: Saúde, associando-o aos cuidados dos sujeitos com a beleza/aparência; e Meio Ambiente, associando-o aos cuidados com ações individuais/coletivas dos sujeitos em prol do ambiente. Enunciados de diferentes discursos como o científico, o médico, o ecológico e o pedagógico, incorporam tais temáticas à educação escolar como estratégia para alavancar as propaladas “mudanças” na educação.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



O ASPECTO COLETIVO DA ENGENHARIA NA FORMAÇÃO E PRÁTICA PROFISSIONAL
Jarbas Macedo Lorenzini e Walter Antonio Bazzo
jarbas@portalengenharia.com.br

Apresentamos neste artigo uma caracterização dos aspectos coletivos da engenharia, buscando compreender das ações dos engenheiros sob a influência das estruturas sociológicas desta profissão. Explanamos sobre o papel do processo de formação acadêmica na introdução do indivíduo nesta comunidade profissional, contribuindo para a continuidade e perpetuação deste modelo de pensamento. O entorno social é apresentado também como agente ativo na capacidade de percepção orientada do engenheiro, incentivando uma postura individualista. Estas considerações estruturam o pano de fundo para comentarmos sobre a postura acrítica do profissional na aceitação do aparato técnico e literário disponibilizado pela profissão, e das barreiras às tentativas de inovação que se opõem aos seus padrões e modelos hegemônicos. consideramos esta abordagem de grande importância para a compreensão da formação acadêmica dos engenheiros e de sua conseqüente percepção do desenvolvimento e aplicação da ciência.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



PARA A EFETIVIDADE DA TUTELA AMBIENTAL
Adauto José de Oliveira
adautooli@yahoo.com.br

O presente estudo tem por objetivo a análise da liberdade da atual geração, para a preservação do meio ambiente artificial, com base em dados teóricos, numa perspectiva do desenvolvimento sustentável, visualizando a população das cidades, tentando mostrar a ligação que se faz necessária, ou seja, o trabalho de conscientizar a pessoa de sua liberdade sustentável, na criação de uma cidade sustentável. Se houver um trabalho de conscientização para uma nova forma de pensar, e para isto devemos buscar a integração direito e educação, pois apresenta-se como solução o trabalho da educação ambiental. A realidade leva a concluir que, para que sejam produzidas mudanças significativas no modelo de desenvolvimento vigente, é necessário ultrapassar as atitudes teóricos - críticas diante dos problemas brasileiros , adotando práticas transformadoras com um engajamento em todas as esferas públicas e privadas da sociedade. Criando cidadãos ambientais, dentro da perspectiva de ensino da educação ambiental.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



PERCEPÇÃO PÚBLICA DE TECNOLOGIA: ELABORAÇÃO E VALIDAÇÃO DE UM INSTRUMENTO QUANTITATIVO DE PESQUISA.
Alan César Ikuo Yamamoto; Dirceu da Silva; Alexander Montero Cunha; Nonato Assis de Miranda; Estéfano Vizconde Veraszto; Fernanda de Oliveira Simon
amcunha77@hotmail.com

O objetivo dessa pesquisa é elaborar, aferir e validar um instrumento quantitativo de pesquisa para estudar a Percepção Pública sobre Tecnologia. Inicialmente será realizada uma etapa qualitativa para intensificar o nosso discernimento e as nossas possibilidades de fazer inferências sobre causalidades teóricas e metodológicas. O instrumento de pesquisa é um questionário com um conjunto de assertivas que serão respondidas de acordo com uma escala de atitudes do tipo Likert. Os dados numéricos obtidos serão submetidos ao tratamento estatístico de análise fatorial, através do software SPSS (Statistical Package for the Social Sciences), e faremos a interpretação dos resultados, à luz da base teórica construída ao longo da pesquisa. Este projeto integra um projeto expandido na área de Educação que envolve a percepção pública de ciência, a percepção pública de sociedade e a criação de modelos de equações estruturais para as relações complexas entre ciência, tecnologia e sociedade.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



PERCEPÇÕES DE SOCIEDADE DIANTE DO DESEVOLVIMENTO CIENTÍFICO-TECNOLÓGICO BRASILEIRO: CRIAÇÃO DE UM MODELO DE PERCEPÇÃO PÚBLICA.
Nonato Assis de Miranda; Dirceu da Silva; Fernanda de Oliveira Simon; Alan César Ikuo Yamamoto; Estéfano Vizconde Veraszto; Alexander Montero Cunha
amcunha77@hotmail.com

Este projeto tem como objetivo a criação de um modelo de percepção do desenvolvimento científico e tecnológico ocorrido a partir da década de 1950 no Brasil e no mundo. Para isso, primeiro propõe-se realizar uma pesquisa qualitativa na forma de Focus Group a fim de levantar os principais aspectos relevantes à pesquisa. Além disso, através de revisão bibliográfica, buscaremos levantar diferentes concepções de alguns teóricos que estudam o desenvolvimento científico-tecnológico e a sociedade. A partir daí, elaboraremos modelos explicativos que, num segundo momento da pesquisa, serão comparados com as concepções apresentadas pelo público em geral. Para que o modelo seja obtido, coletaremos dados com profissionais de diversas áreas. O tratamento dos dados quantitativos será feito através do software LISREL 8.54, que dispõe de recursos adequados à metodologia proposta. Este método consiste na utilização do Modelo de Equações Estruturais que permite testar hipóteses de relacionamento entre variáveis com bastante generalidade e flexibilidade.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



PREVENÇÃO DA ESQUISTOSSOMOSE NO CONTEXTO ESCOLAR: A AVALIAÇÃO DE MATERIAIS EDUCATIVOS COMO UMA FORMA DE INVESTIGAÇÃO (SUMIDOURO, RJ)
Tatiana Figueiredo de Oliveira, Simone Monteiro
tatlapsa@ioc.fiocruz.br

Estudos sobre o controle da esquistossomose, realizados no município de Sumidouro (Rio de Janeiro, Brasil) desde os anos 1960 pela equipe da FIOCRUZ e da UFRJ executaram um projeto em que a comunidade científica daria uma contribuição às necessidades da população relacionadas à transmissão da doença. Objetivo do trabalho: investigar e avaliar se o uso de um material educativo sobre a prevenção da esquistossomose entre alunos do ensino médio (zona rural e urbana) do curso de formação de professores, é capaz de identificar as possibilidades desse material: a) promover o conhecimento sobre a Esquistossomose; b) motivar os alunos para adoção de medidas preventivas; c) mobilizar os jovens para a busca coletiva de soluções para o controle da endemia no município de Sumidouro. Avaliação: a) aplicação de questionário pré e pós-uso do material educativo; b) observação direta; c) rupos focais; d) modificação do jogo a partir dos dados colhidos.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



TECNOLOGIA E SOCIEDADE: PROJETO PARA MAPEAR MODELOS DE PERCEPÇÃO PÚBLICA
Estéfano Vizconde Veraszto; Dirceu da Silva; Alexander Montero Cunha; Fernanda Oliveira Simon; Nonato Assis de Miranda; Alan César Ikuo Yamamoto
amcunha77@hotmail.com

Este projeto pretende investigar como as pessoas percebem a ligação da tecnologia com a dinâmica da sociedade. Para isso partiremos de uma revisão bibliográfica para levantar categorias que servirão para a elaboração de uma escala Likert que visa encontrar as dimensões de percepção pública. Por fim, analisaremos os dados segundo a criação de um modelo estrutural que buscará encontrar as relações entre as dimensões levantadas nas etapas anteriores. Para que o modelo final de percepção seja obtido, dados serão coletados com profissionais das mais diferentes áreas de atuação. O tratamento dos dados se dará a partir do software LISREL 8.54 utilizando o Modelo de Equações Estruturais. O modelo final obtido fornecerá dados relevantes para a estruturação de um projeto de alfabetização tecnológica e trará elementos reais para fomentar a discussão de reestruturação de políticas públicas que visam a inserção da tecnologia no contexto educacional.

Trabalho Completo (versão em PDF)

Trabalho Completo (versão em Word)



 


Organização: Roberto Nardi e Oto Borges
Elaboração: Edvaldo Lima da Silva e Sérgio Camargo